Você sabe o que é o selo Semente Legal?

selo Semente Legal é uma criação da Unipasto em parceria com a CEPTIS Agro que reúne informações sobre a origem das sementes forrageiras.

 

Estará disponível nas embalagens de sementes protegidas pela Embrapa: BRS Zuri, BRS Paiaguás, BRS Tamani, BRS Ipyporã e BRS Quênia.

 

O que você ganha com o selo?

 

Como o selo Semente Legal certifica a origem da semente, você tem à sua disposição um produto com a garantia de procedência.

 

Como saber se o selo é verdadeiro?

 

Graças à tecnologia de ponta da Ceptis, líder global no setor de certificação, o selo Semente Legalconta com uma impressão inteligente, com um código único que pode ser lido no aplicativo exclusivo e gratuito para smartphones.

 

Além disso, a tinta de segurança muda de cor conforme o ângulo, além da impressão em alto relevo.

O aplicativo já está disponível na AppStore e na Google Play.

 

Quais cuidados tomar, mesmo com o selo na embalagem?

 

Vale lembrar que o selo Semente Legal comprova a origem da semente, mas não a qualidade dela.

 

Para fazer uma boa escolha, é sempre bom tomar alguns cuidados extras:

 

  • Não deixe de fazer as análises que dão origem ao valor cultural, pureza e viabilidade/germinação;
  • Escolha sementes que passam por rigorosos testes e avaliações.

Por que escolher as sementes SOESP?

 

Além de ter o selo Semente Legal, os produtos SOESP passam por um rigoroso processo de seleção, que garante a pureza e a qualidade de todas as nossas cultivares.

 

Vale lembrar que só a SOESP tem as Sementes Advanced, as únicas blindadas pela tecnologia.

 

Evite surpresas desagradáveis em sua pastagem

 

 

 

Mistura de plantas daninhas, doenças, dificuldades de plantio, fora dos padrões de qualidade e a queda na produtividade: esses são alguns dos riscos que as sementes ilegais podem trazer para a sua pastagem.

 

Por isso, fique atento a todos os indicadores de qualidade.

 

Podem ser perigosas: Sementes com preços abaixo da média de mercado ou recomendação de maior quantidade para a formação da pastagem.

 

Utilize sempre sementes certificadas, com garantia de valor cultural e livres de misturas nocivas.

 

Não comprometa sua produção: utilize sementes SOESP.